Pela 1ª vez na história, nº de mortes ultrapassa o de nascimentos na primeira semana de abril na região sudeste do país

O número de mortes ultrapassou pela primeira vez na história o de nascimentos na primeira semana de abril na região sudeste do Brasil, de ac...


O número de mortes ultrapassou pela primeira vez na história o de nascimentos na primeira semana de abril na região sudeste do Brasil, de acordo com dados da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais disponibilizados no Portal da Transparência.

Foram 13.998 registros de nascimentos de 1º a 8 de abril na região sudeste, contra 15.967 registros de óbitos no mesmo período.

Os dados são preliminares, uma vez que os cartórios de todo o país têm o prazo de 10 dias para registrar nascimentos e óbitos, mas a tendência é de alta de mortes em relação aos nascimentos desde o ano passado.

Pesquisadores apontam que o fato inédito deve atingir o país como um todo, não apenas regionalmente no mês de abril.

Em 120 anos, a população do Brasil só cresceu. Na virada para o século XX, o país contabilizava 17,4 milhões de brasileiros. Atualmente, são 212.9 milhões de pessoas, de acordo com uma projeção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Mesmo nas últimas décadas, com famílias menos numerosas, o país continuou crescendo, mas com uma diferença: o número de nascimentos começou a cair de forma gradual. Ou seja, a diferença entre nascimentos e óbitos passou a ficar cada vez menor.

A previsão do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) era a de que essas duas linhas iriam se cruzar em 2047. Mas a pandemia de Covid-19 pode adiantar em décadas esse fenômeno.

De acordo com o doutor em demografia José Eustáquio Diniz Alves, os impactos no sistema de saúde e na economia influenciam as decisões das famílias, o que reduz a taxa de natalidade.

“A pandemia acelerou as mortes e reduziu o nascimento, por quê? Na primeira onda, em junho e julho, muitas mulheres e casais a hora que viram o sistema colapsando, o mercado de trabalho com 32 milhões de desempregas, adiaram a decisão reprodutiva. A mulher decidiu ficar grávida em um momento mais adequado”, afirma.

É o caso da engenheira Daniela Ribeiro adiou os planos de ter o segundo filho, mas espera que não seja por muito tempo.

“Quando eu fui mãe pela primeira vez eu fiquei bastante assustada, mas a força que me dá, e a inspiração no dia a dia compensa tudo isso. Eu me vejo muito, muito cuidando de mais uma criança, por mais desafiador que seja, a gente pretende adiar só mais um pouquinho”, afirma.


Diferença deve ser provisória, diz especialista
Em 2019 a relação nascimentos por óbitos no Brasil era de 2.2 nascimentos para cada óbito. Em 2020 essa razão foi 1.8, de acordo com a professora de demografia e membro do Centro de Estudos para População e Desenvolvimento de Harvard, Márcia Castro.

“Se analisar essa razão ao longo dos meses desde 2019 (antes da pandemia) por estado, as mudanças temporárias em meses de alta acelerada são nítidas”, afirma.

A questão, segundo a professora, é que os números mostram outro ângulo do excesso de mortes. A longo prazo, a população não vai diminuir, e essas mudanças devem ser provisórias.

“Na medida em que hospitalizações, casos e mortes se reduzam, ou seja, que não haja tanta sobremortalidade, a razão aumentaria. O efeito demográfico não é de longo prazo. Mas o impacto do excesso de mortes é nítido, preocupante, e um reflexo da falta coordenada de controle, o que gera uma condição totalmente inédita. Espera-se que seja temporária, mas depende do que será feito para conter essa alta mortalidade sendo observada."

Março
Março registrou a menor diferença entre nascimentos e mortes dos últimos anos. Isso se deu principalmente pela explosão de óbitos neste que foi o mês mais mortal da pandemia.

Só em comparação ao ano passado – quando já havia a pandemia de Covid-19, o crescimento foi de 63%. Para o médico e neurocientista Miguel Nicolelis, esse é mais um sinal do descontrole da pandemia no país.

“Agora em março, com dados preliminares, nós já passamos de 174 mil óbitos por todas as causas no pais, e tudo leva a crer que nós vamos passar de 220 mil mortes mensais no Brasil, o que é mais que o dobro do que era antes da pandemia. É realmente um choque ver esses números.”

Nicolelis defende a urgência de uma mudança de comportamento social no país e de medidas mais rígidas de isolamento para que o cenário não seja irreversível.

“Por isso que eu e mais boa parte da comunidade cientifica brasileira temos pedido medidas rígidas, lockdown nacional, bloqueio do fluxo de pessoas, vacinação aumentada e uma coordenação nacional da pandemia. Para que a gente evite esses efeitos estruturais que levam o país para uma situação de não retorno. Essa é uma demonstração cabal sobre os efeitos atuais e futuros da pandemia na vida do Brasil.”



Via G1 

COMENTÁRIOS

Nome

Abandono,2,Ação Social,28,Acidente,36,Acontecimentos,13,Administração,1,Adoção,5,agasalhos,2,Aglomeração,2,Agressão,16,água,17,alagamento,2,Alerj,6,Alimentação,16,aluno,5,Ambev,1,Animal,50,aniversário,4,ANTT,1,aplicativo,10,aposentado,2,Aposentados,5,Apreensão,108,Arco Metropolitano,5,Arma,9,Arrastão,5,Arrecadação,1,Arte,24,Artista,12,Assalto,45,Assistência Social,36,atendimento,4,Atentado,3,Atriz,2,Atropelamento,3,aulas,12,Auxilio Emergencial,7,Auxílio Emergencial,39,BAC,1,Baixada Fluminense,3,Baixada Fluminense,890,banco,5,Banco do Brasil,1,baxiada fluminense,6,Bebê,3,Beleza,2,Belford Roxo,7,benefício,1,Bolsa Família,27,Bolsonaro,3,Brasil,38,Cachorro,3,Caixa,16,Caixa Econômica Federal,17,Câmara de Vereadores,23,Campos Elíseos,8,Candidato a vereador,1,cantor,2,Carnaval,18,carro,2,Carro roubado,6,Carteira de Identidade,4,Caxias Shopping,89,CEDAE,29,celebração,3,Cemitério,14,centro de distribuição,1,Centro de Reabilitação,2,Centro de Treinamento,3,Chuva,29,Cidadania,13,CIEE,9,cirurgia,2,Colégio Militar,20,Coleta de Lixo,6,Combustível,8,Comércio,23,compras,2,comunidade,8,Concurso,10,Conselho Tutelar,11,Consumidor,6,Conta de Luz,3,Coronavirus,8,Coronavírus,148,coronavírus.,1,Corpo de Bombeiros,38,Correios,3,Corrupção,3,Covid-19,252,Cras,3,Creche,1,criança,12,Crianças,9,Crime,26,Crime ambiental,5,Cruz Vermelha,2,Cultura,59,Curso,39,Dança,4,DEAM,17,Defensoria Pública,1,Defesa Civil,47,Deficiência,1,demissão,2,DENUNCIA,1,Denúncia,19,Depressão,1,DESABAMENTO,1,Desaparecida,1,Desaparecido,20,Desempregado,1,desemprego,4,Detran,32,Detro,5,DHBF,93,Dia das Crianças,1,Dia das Mães,2,dinheiro,9,direitos humanos,4,Disque Denúncia,10,Disque-Denúncia,5,doação,23,Documentos,2,Dpvat,1,duque de caxias,8,duque de caixas,2,DUQUE DE CAXAIS,2,Duque de Caxias,3387,duque de caxias polícia,1,duqued e caxias,1,Economia,52,edicação,1,Educação,191,Eleição,12,eleições,7,empreendedorismo,1,empreender,1,emprego,29,Empresa,5,ENEL,1,Enem,9,Energia Elétrica,20,Ensino,11,Escola,25,Esporte,27,Estado,2,Estágio,12,estelionato,2,estudante,5,Estupro,33,Evento,57,ex-prefeito,1,Exército,4,Fábrica,3,Faetec,8,fazenda,1,Feira de Adoção,2,Feira Livre,7,Feminicídio,11,Feriado,8,férias,1,Fernandinho Beira-Mar,2,Festa,7,Festa de Santo Antônio,2,FGTS,6,Fim de ano,1,Firjan,23,Fiscalização,18,Foragido,8,FUNDEC,51,Furto,9,Futebol,7,GAT,1,Google,1,Governador,9,Governo do Estado,35,Governo Federal,24,Gramacho,8,Grande Rio,9,Gratuito,3,greve,6,Guarda Municipal,6,Habitação,2,Hemorio,1,Homem,3,homenagem,5,Homicídio,131,Horário de Verão,1,Hospital,92,Hospital de Campanha,1,Hospital de Saracuruna,4,Hospital do Olho,5,IBGE,4,Idoso,14,ifrj,5,Igreja,12,iluminação,4,Imposto,1,Inauguração,17,Incêndio,21,Inea,5,inep,1,Inepac,1,inscrições,21,INSS,7,instituição,1,intermunicipal,1,Internet,5,Intolerância Religiosa,7,investigação,2,Iphan,1,IPTU,3,IPVA,4,jair bolsona,1,jair bolsonaro,1,Jardim Gramacho,7,Jogos Olímpicos,2,jovem,5,Jovem Aprendiz,5,Justiça,64,Latrocínio,4,Lazer,48,LBV,1,Lei,7,Leilão,1,LGBT,3,Licenciamento Anual,1,Light,73,Limpeza,2,Linha Vermelha,4,Lixão,5,Lojas Americanas,1,Ludmila,1,Luz,12,Mãe,4,Magé,1,Manutenção,37,Maternidade,3,matrícula,8,MEC,3,Mega da Virada,1,Mega-sena,1,Meio Ambiente,37,metro,1,Metrô,2,Milícia,35,Minha Casa Minha Vida,1,Ministério da Educação,3,Ministério Público,30,Moda,2,Morte,134,Morto,23,Mortos,15,moto,2,mpf,5,MPRJ,17,Mulher,52,Multa,3,museu,3,Música,19,Mutirão,7,Natal,5,Nilópolis,1,Nova Iguaçu,7,OAB,4,obra,3,obras,91,ônibus,22,ONU,1,Operação,46,operção,1,Oportunidade,1,ordem urbana,1,Outubro Rosa,5,Pagamento,17,Palestra,2,Patrimônio Histórico,2,Pedágio,1,Perseguição,4,Pesquisa,1,Petrobras,8,Pirataria,2,PMERJ,10,Policia,2,Polícia,1181,Polícia Civil,154,polícia federal,4,Polícia Militar,55,Política,57,Poluição,2,Ponto Facultativo,1,Portal dos Procurados,3,praça,1,praia,2,preços,6,Prefeito,6,Prefeito Washington Reis,35,prefeitura,136,preservação,1,Presidente Jair Bolsonaro,2,previdência,3,PRF,53,Prisão,521,Processo Seletivo,10,Procon,9,procurados,1,Produto Roubado,2,PROERD,1,projeto social,2,protesto,5,Queimados,2,Racismo,10,Receptação,15,Rede Pública,3,Reduc,8,Religião,6,Resgate,4,Restaurante popular,4,Rio de Janeiro,58,Rio Poupa Tempo,9,Riocard,2,Rodovia Washington Luís,16,roubo,108,Roubo de Carga,46,Salário,16,salários,5,samba,2,Saneamento,13,sangue,1,São João de Meriti,8,Saúde,471,SEBRAE,4,Segurança,25,Segurança Presente,11,segurança pública,8,SENAI,4,Sequestro,16,Serasa,1,Serviços Públicos,10,servidores,8,SESC,3,SESI,10,Show,11,sorteio,2,Sorteio Público,1,STF,3,Suicídio,1,SuperaRJ,4,SuperVia,31,Tarifa,3,Teatro,10,Teatro Raul Cortez,3,Tecnologia,6,Tentativa de Assalto,13,Tentativa de Homicídio,2,Tiroteio,22,TJRJ,1,Trabalhador,2,trabalho,25,tráfico de animais silvestres,2,trafico de drogas,1,Tráfico de Drogas,151,Trânsito,16,transporte,26,TRE,1,Trem,22,troca de tiros,8,tse,1,Turismo,5,UERJ,5,UFRJ,2,Unigranrio,6,UPA,2,Vacina,120,Vacinação,120,Vagas,15,Vandalismo,2,veículo,8,Vereadora,1,viagem,1,Violência,11,Violência Doméstica,11,voluntário,3,Washington Reis,6,WhatsApp,7,
ltr
item
Notícias de Duque de Caxias: Pela 1ª vez na história, nº de mortes ultrapassa o de nascimentos na primeira semana de abril na região sudeste do país
Pela 1ª vez na história, nº de mortes ultrapassa o de nascimentos na primeira semana de abril na região sudeste do país
https://1.bp.blogspot.com/-CZ6Sc2m4clQ/YG9EEzbHwzI/AAAAAAAAPq0/Vbr2udPJ6uUcRzJZJ9V5qZaqBExtkTNOACLcBGAsYHQ/w640-h334/Pela-1%25C2%25AA-vez-na-hist%25C3%25B3ria%252C-n%25C2%25BA-de-mortes-ultrapassa-o-de-nascimentos-na-primeira-semana-de-abril-na-regi%25C3%25A3o-sudeste-do-pa%25C3%25ADs.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-CZ6Sc2m4clQ/YG9EEzbHwzI/AAAAAAAAPq0/Vbr2udPJ6uUcRzJZJ9V5qZaqBExtkTNOACLcBGAsYHQ/s72-w640-c-h334/Pela-1%25C2%25AA-vez-na-hist%25C3%25B3ria%252C-n%25C2%25BA-de-mortes-ultrapassa-o-de-nascimentos-na-primeira-semana-de-abril-na-regi%25C3%25A3o-sudeste-do-pa%25C3%25ADs.jpg
Notícias de Duque de Caxias
https://www.noticiasdeduquedecaxias.com/2021/04/pela-1-vez-na-historia-n-de-mortes.html
https://www.noticiasdeduquedecaxias.com/
https://www.noticiasdeduquedecaxias.com/
https://www.noticiasdeduquedecaxias.com/2021/04/pela-1-vez-na-historia-n-de-mortes.html
true
6588057480278766025
UTF-8
Carregando Postagens Não foi encontrado nenhum post VER MAIS Leia Mais Resposta Cancelar Resposta Excluir Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver Mais RECOMENDADO PARA VOCÊ ETIQUETA ARQUIVO PESQUISAR MAIS POSTAGENS Não foi encontrado qualquer postagem correspondente com o seu pedido Voltar ao Início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe em uma rede social PASSO 2: Clique no link da sua rede social Copie todo o código Selecione todo o código Todos os códigos foram copiados para o clipboard Não consegue copiar os códigos / textos, por favor, pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C em Mac) para copiar Tabela de Conteúdo